terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Lido: El Rescate

El Rescate é outro dos contos que ficaram muitíssimo prejudicados pelos erros de paginação no PDF — também ele foi reduzido a uma mancha de texto contínua que dificulta e torna penosa a leitura, embora menos que o anterior, visto ser um conto mais curto. O autor, Andrés Tonini, cria uma daquelas histórias que parecem realistas até mesmo ao fim, altura em que finalmente se percebe que se trata de uma história de FC. E esta, tal como a de Holstein de que falei logo abaixo, é também uma história que mistura o horror à ficção científica, aqui horror da vertente psicológica, pois é protagonizada por uma mulher capturada por um grupo de guerrilheiros ou terroristas, que a maltratam, violam e pretendem matá-la, até que in extremis surgem soldados que a resgatam. O que para o mal dos seus pecados não constitui grande vantagem.

Apesar de alguns pormenores de enredo que me desagradaram muito, como aquilo que o autor põe a prisioneira a fazer após ser violada e a forma como transforma o violador no único bonzinho da história, este conto podia ser interessante se não fosse o desastre na paginação: é contado na segunda pessoa, opção que até faz sentido, tem um bom ritmo, e entrega bem a dose de cinismo político-militar que pretende entregar. Mas a paginação desastrada estragou-o.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário