quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Lido: Manuscrito Encontrado Numa Máquina do Tempo Abandonada

Manuscrito Encontrado Numa Máquina do Tempo Abandonada (bib.) é um conto particularmente bizarro de Robert Silverberg. Um pouco à semelhança de O Templo da Ficção Científica, é um conto nada tradicional. Fragmentário e fragmentado, sem história mas cheio de história e também de História, fala sobre viagens no tempo, sobre as suas consequências e problemas, mas sobretudo fala do presente do particular momento histórico em que foi escrito (1973, para quem tiver preguiça de seguir o link ali em cima) e do país em que foi escrito. Um momento turbulento na história americana, com a Guerra do Vietname ainda a decorrer mas já a ser ganha pelo Vietcong, marcado por uma violenta colisão entre visões do mundo diametralmente opostas, no qual uma significativa corrente, constatando o ponto miserável a que as velhas formas de agir tinham levado os EUA e o mundo, procurava alternativas. Neste conto, Silverberg fala de alterar a História, mas na verdade é da História que fala, e do que fez com que ela fosse o que foi, mas sobretudo fala dessa busca por alternativas. Não é conto para qualquer pessoa, mas quem o souber enquadrar no tempo e no espaço provavelmente gostará.

Contos anteriores desta publicação:

Sem comentários:

Enviar um comentário