terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Lido: Calendário

Este almanaque inclui vários textos mestiços, entre a ficção e a não ficção. Os Anúncios de que já aqui se falou são um exemplo, e pouco depois vem outro, o Calendário. Trata-se basicamente de um calendário de eventos futuros do mundo real, ligados de alguma forma — mesmo que ténue; inclui informação astronómica, por exemplo — ao steampunk, mas está escrito como se esse mundo real fosse um parque de diversões vitoriano, com dirigíveis por todo o lado. Não achei grande piada, em parte, confesso, por não fazer a mínima ideia de como vou categorizar este texto quando chegar o momento de o incluir no Bibliowiki. Meter-me em assados não tem graça, menina Joana Neto Lima.

Texto anterior deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário