segunda-feira, 4 de julho de 2016

Lido: 2014 Campbellian Anthology - Lissa Price

Lissa Price está presente nesta antologia de uma forma invulgar, pois a um excerto de romance soma um conto, que no entanto pertence à mesma série do romance.

Starters, o romance, é uma história de ficção científica juvenil, distópica, sobre a sobrevivência de uma rapariga num mundo devastado por uma guerra nanobiológica, cujas armas mataram toda a população entre os 20 e os 60 anos de idade. E é assustadoramente fraca, tanto na qualidade da escrita como na elaboração do universo ficcional ou na qualidade do enredo, tendo em conta que foi um enorme sucesso, com traduções um pouco por todo o lado. Uma escrita básica e previsível, um enredo ainda mais previsível, opondo os jovens oprimidos e depauperados a uma elite de velhos ricos, que depressa se percebe onde vai dar (obviamente, no fim, ganha a rapariga), este excerto não me deixou nenhuma vontade de ler o livro a que pertence.

Portrait of a Spore, o conto, é um relato protagonizado por um dos esporos de que se compunham as armas biológicas, uma historieta simplista e sem grande história sobre os objetivos e aspirações de um agente biológico microscópico. Pareceu-me ainda pior do que o excerto.

Assustador, como digo acima. Assustador que, com tanto material de boa qualidade contido nesta antologia, com tantas boas prosas que se mantiveram absolutamente obscuras, com tanto talento promissor que aqui se vislumbra, seja precisamente isto a ganhar projeção internacional. Uma coisa é saber que o que é bom muitas vezes não vende. Outra bem diferente é deparar com esse facto ilustrado de uma forma tão clara.

Um tipo deprime-se.

Sem comentários:

Enviar um comentário