segunda-feira, 25 de julho de 2016

Lido: 2014 Campbellian Anthology - Gerald Warfield

Gerald Warfield está presente nesta antologia com duas histórias — uma noveleta e um conto.

Spores of the Volcano é uma muito interessante história de ficção científica, ambientada, ao que me parece, no futuro longínquo da Terra (ou talvez noutro planeta, ainda que certos pormenores façam com que esta possibilidade me pareça menos provável), mas numa Terra profundamente alterada, mergulhada numa glaciação global e estéril só interrompida pelas auras de calor que rodeiam alguns vulcões e aí geram microclimas pujantes de vida, muito à semelhança do que acontece com as nascentes hidrotermais no fundo dos oceanos, e cuja vida inteligente já não é há muito o Homem, mas descendentes de cefalópodes com características que fazem lembrar tanto os polvos, como os chocos ou mesmo os náutilos. Aqui, a vida reproduz-se e espalha-se através de esporos disseminados pelo vento e está sempre sob a ameaça de ser anuquilada pelas erupções dos vulcões. A cultura que se desenvolve nestas circunstâncias, que no fundo é o principal protagonista desta noveleta, é fascinante. Mas o conto não é apenas worldbuilding; existe nele uma história de superação e sobrevivência quase igualmente fascinante. Muito bom.

Pageant for a Crazy Man está longe de me ter agradado tanto. Trata-se de um conto de horror psicológico, quase realista, sobre a intolerância e, até certo ponto, a xenofobia. É daquelas histórias de infância, contadas ou rememoradas pelo protagonista muitos anos mais tarde, como que a revisitá-las com olhos de adulto, e gira em volta do provável assassínio de um mudo e talvez louco, perto do local onde a protagonista estava acampada com os pais. É uma história incómoda, mas parece-me faltar-lhe qualquer coisa para atingir a qualidade da primeira.

Sem comentários:

Enviar um comentário