quinta-feira, 26 de maio de 2016

Lido: 2014 Campbellian Anthology - Michael Matheson

Michael Matheson também está presente nesta antologia com três contos.

The Many Lives of the Xun Long é uma fantasia urbana fantasmagórica ambientada na comunidade chinesa de Toronto, Canadá, e serve-se dos fantasmas e de uma linhagem hereditária de protetores mascarados, os Xun Long, para fazer uma reflexão bastante interessante sobre as questões de identidade no seio das comunidades imigrantes em terras estranhas. No caso é a chinesa, mas poderia ser qualquer outra. Não é nada de muito profundo, até porque o conto é razoavelmente breve, mas mesmo assim é interessante.

Weary, Bone Deep é um conto de horror, protagonizado por um rapaz que é o único na família a conseguir ver os monstros fantasmagóricos que habitam na sua casa. Dilacerado entre o medo e a curiosidade, o rapaz vive à espreita dos fantasmas, dos portais para dimensões desconhecidas. Contudo, pode não se tratar de nada disso. O horror sobrenatural pode não passar de imaginação, de uma forma de racionalização do impensável. O horror verdadeiro pode ser bastante mais concreto e mais próximo, feito de abuso. Um conto bastante bom, este.

The Last Summer é outro conto de horror protagonizado por um grupo de rapazes quase a deixarem de o ser, cujo líder está a gozar dos últimos dias de saúde, prestes a deteriorar-se por causa de uma doença inescapável mas nunca nomeada. O ambiente é um velho casarão abandonado e com fama de assombrado desde que se descobrira uma série de cadáveres enterrados na propriedade. Vítimas de assassínio. É outro bom conto, com um ambiente opressivo bastante bem criado, e uma história que, não sendo nada de extraordinário, funciona bem. Um daqueles contos de fim de infância, sendo que neste caso o fim é bastante literal para um deles, e quase para todos os restantes.

Matheson parece ser autor a ter debaixo de olho.

Sem comentários:

Enviar um comentário