sábado, 9 de janeiro de 2016

Lido: O Sexto Sentido

O Sexto Sentido (bibliografia) é um conto curto de Mário de Sá-Carneiro sobre telepatia. Muito clássico na estrutura, muito típico do seu tempo, é narrado na primeira pessoa por um narrador que recebe de um amigo informações sobre si e sobre a sua vida. No caso, o amigo possui no cérebro "um órgão novo", que lhe dá a capacidade de ler os pensamentos e emoções alheias, e o conto consiste, basicamente, de uma série de conversas nas quais este, em vias de enlouquecer, vai explicando ao narrador o pesadelo que é viver com tal capacidade.

É um tema que foi tratado com alguma frequência tanto na literatura fantástica propriamente dita como na de ficção científica, portanto estas ideias não são propriamente novas para um leitor experiente, mas estamos perante um conto de 1909 e bastante bem escrito que, ainda por cima, foge ao típico desfecho suicidário de tantas das prosas iniciais de Sá-Carneiro, ainda que a loucura continue nele presente. É bastante bom, este conto.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário