segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Lido: 2014 Campbellian Anthology - Henry Lien

Henry Lien está presente nesta antologia com dois contos:

Pearl Rehabilitative Colony for Ungrateful Daughters é um divertido conto carregadinho de referências à cultura chinesa e aos filmes de artes marciais, contado na primeira pessoa por uma adolescente filha de pais ultrarricos, chamada Suki Jiang que, segundo afirma logo a abrir, prefere ser tratada como "Sua Graça, Radiante Deusa-Princesa Suki," e se vê internada, a grande contragosto, numa colónia de reabilitação cujo nome é o título da história. A reabilitação parece consistir quase exclusivamente de treinos de artes marciais futuristas, nas quais a protagonista se mostra imbatível. Ou quase. É que tem uma rival. E é a história dessa rivalidade e dos vários embates e competições que faz mover o conto. Tudo muito chinês, tudo francamente irónico, tudo muito divertido (a adolescência, e em particular a adolescência feminina, sai daqui bastante maltratada), mas sem grande profundidade. O conto não é nada de superlativo, mas não deixa de ser uma olhadela engraçada, interessante e até de certa forma original sobre a cultura chinesa.

Supplemental Declaration of Henry Lien é outro conto irónico, consistindo este de uma declaração legal relativa a um fideicomisso a que Lien teria ficado ligado por morte do seu amante, que envolve comunicações com o falecido por via onírica e todos os enredos legais que esse tipo de coisa tende a gerar. Também é um conto divertido, também é um conto algo superficial, também é uma abordagem com a sua originalidade mas, dos dois, preferi o primeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário