segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Lido: O Caixão

O Caixão é um continho muito curto de Mário de Sá-Carneiro que, também ele, se serve da técnica da história-de-ouvir-contar para narrar como um rapaz vê da varanda de sua casa lisboeta um par de homens a transportar um caixão e se deixa impressionar ao ponto de se pôr a segui-los, imaginando os enredos mais melodramáticos. Sendo o primeiro conto publicado por Sá-Carneiro, aos dezoito anos, não impressiona por aí além, embora mostre promessa. E mostra também outras coisas: uma morbidez precoce, apesar de cortada pela ironia do final, e uma aproximação aos temas fantásticos, se bem que ainda não levada até ao fim. Sim, o escritor deste conto era um jovem, mas já era Sá-Carneiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário