terça-feira, 15 de setembro de 2015

Lido: 2014 Campbellian Anthology - Paul Antony Jones

Paul Antony Jones traz-nos de volta aos excertos de romances, intitulando-se o dele

Extinction Point. Trata-se de uma história-catástrofe, o que é basicamente o mesmo que dizer uma história de sobrevivência, sobre um mundo que se vê de súbito assolado por uma estranha precipitação vermelha que causa em quem com ela contacta uma súbita doença hemorrágica que leva a uma morte inevitável em poucas horas. Como outras histórias baseadas em epidemias avassaladoras, também esta parece posicionar-se algures entre a ficção científica e o horror. Não sei como Jones consegue sustentar a sua história até ao fim, naturalmente, mas o excerto, razoavelmente longo, é promissor. As personagens estão sólidas, os ambientes também e a prosa é competente. No entanto, em histórias deste tipo quase tudo depende do enredo, e no excerto só temos direito a apresentações: de personagens, de situações, etc. Por conseguinte, o livro completo tanto pode ser bastante bom como bastante mau, consoante Jones consiga lidar melhor ou pior com a situação que criou.

Sem comentários:

Enviar um comentário