terça-feira, 22 de Janeiro de 2013

Lido: Como o Som do Vento nas Árvores

Como o Som do Vento nas Árvores (bib.) é um conto curto de Bruce Holland Rogers. Ou talvez seja mais adequado dizer que se trata de uma compilação de nove mini-contos e vinhetas, todos unidos pelo som. Não um som qualquer, mas aqueles sons monótonos e sem grande significado que nos acompanham ao longo de toda a vida. Tu, aí desse lado, prossivelmente estarás a ouvir neste preciso momento um desses sons: o da ventoinha que te arrefece o computador. Pois é sobre sons destes que Rogers escreve, sobre a importância que eles têm, talvez sobre a sua irrelevância, em situações que não raro são insólitas ou fantásticas. Um telefone que toca às três da manhã, uma sala de espetáculos onde uma ovação perdura até muito depois de toda a gente abandonar o edifício, o ruído do motor durante um suicídio, coisas assim. Tudo cheio daquela poesia que se intromete nas frinchas da realidade. Tudo muito bom.

Sem comentários:

Enviar um comentário