sábado, 26 de janeiro de 2013

Lido: A Ama

A Ama (bib.) é mais um conto de Steven Bauer que adapta histórias alheias, escritas para televisão. Os autores desta são Joshua Brand e John Falsey, e o conto, se nos pudéssemos abstrair da tradução, até seria razoável. Nada que nunca se tenha visto, mas razoável. Os protagonistas (ou, melhor dizendo, os antagonistas) da história são dois miúdos de Los Angeles, absolutamente insuportáveis, que têm o condão de correr rapidamente com toda e qualquer ama que a mãe tente contratar. São assim uma espécie de Calvin ou de Bart Simpson elevado à sétima potência. Até que lhes aparece uma que os domina. Como? Quem viu o filme Nanny McPhee já deve ter percebido. Sim, é mágica. E responde às traquinices com traquinices, tão perigosas que acaba por assustá-los e reduzi-los à complacência. Com outra tradução, não seria mau.

Contos anteriores deste livro:

Sem comentários:

Enviar um comentário