terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Lido: A Fera

A Fera (bib.) é um conto curto de Bruce Holland Rogers, escrito como se se tratasse de um conto popular, de uma lenda tradicional, mas que não nos fornece a lição de moral típica dessas histórias, antes nos confronta com um dilema. A fera do título, que começa a história livre mas um belo dia é capturada, é mágica. Não só fala como, o que é mais importante, o seu cuspo é mágico e possui propriedades curativas, embora também tenha a perversa propriedade de só funcionar quando a fera é maltratada. E é esse o dilema moral que a história nos apresenta. Como que nos pergunta: que fariam vocês? A fera, criatura obviamente inteligente e sensível, almeja apenas a liberdade, mas só mantendo-a presa e maltratando-a obterão uma vida longa e saudável. Que fariam vocês? O que venceria os vossos dilemas pessoais se fossem vocês os possuidores da fera? O egoísmo? O medo do sofrimento e da morte? A empatia? A bondade? O quê?

Bastaria isto para estarmos perante uma grande história, mas ainda por cima está muito bem escrita. Trata-se, portanto, de um conto absolutamente brilhante. Muito, muito, muito bom.

Sem comentários:

Enviar um comentário