sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Lido: O Génio que Vive Entre a Noite e o Dia

O Génio que Vive Entre a Noite e o Dia (bib.) é um conto curto de fantasia, de Bruce Holland Rogers, que se debruça sobre Al Faq, um génio que vive entre a noite e o dia e que ninguém sabe se é de confiança ou não. Nem ele, provavelmente. Escrito com a habitual mestria narrativa de Rogers, o conto conta a história de uma história, contada por outro génio a Al Faq: Tayab, um seu primo, génio das cinzas, que muito decididamente não é de confiança.

E é precisamente sobre isso que a história versa; sobre a confiança e o peculiar fenómeno de ser muito mais fácil inspirar em muita gente confiança em mentiras do que na verdade, porque as mentiras são com frequência reconfortantes enquanto a verdade raramente o é, e ainda sobre as consequências devastadoras que isso pode ter nas vidas das pessoas. Não há moral clara para esta história, ela não é assim tão linear, mas para a interpretação que dela faço há: cuidado com aquilo em que acreditas, e cuidado com as ideias que dás aos outros.

Gostei bastante.

Sem comentários:

Enviar um comentário