sábado, 17 de Março de 2012

Lido: Consequências

Consequências (bib.), mais um dos continhos de Bruce Holland Rogers, é um monumento de subtileza. A cena seria inteiramente banal não fosse um pequeno pormenor. Uma cena doméstica, um marido e uma mulher que conversam à volta da mesa depois de um dia de trabalho, entre o ramerrame e a crueldade mesquinha de todos os dias. Mas o homem lê o jornal, e duas palavras põem no conto uma nota de inquietação e mau agouro que sem elas estaria longe de ter, uma sensação de que algo de terrível está na iminência de acontecer. "Mortalidade aumenta", intitula o jornal na primeira página. Porque aumenta a mortalidade? Não se sabe, nem é preciso que se saiba. Guerra, epidemia, seja o que for. Irrelevante. O que importa é que a mortalidade aumenta. E que isso explica e justifica (justificará?) tudo. Muito bom.

Sem comentários:

Enviar um comentário